Pokémon Company ouviu a campanha sobre Scarlet & Violet em português (e respondeu “Não”)

(Tempo de Leitura: 2 minutos)

O início deste ano foi movimentado com os anúncios da nova geração de games, Pokémon Scarlet & Violet. Os fãs brasileiros e portugueses tentaram então mais uma vez pedir para que a TPCi traga a localização dos jogos principais para o idioma português, e a campanha foi provavelmente a maior já gerada até então, envolvendo até famosos da televisão. Mas será que finalmente fomos ouvidos?

Bem… O site Switch Brasil recebeu uma nota oficial, mas recomendo ler apenas se estiver bem calmo:

Pokémon Scarlet e Pokémon Violet não terão idiomas adicionais além daqueles disponíveis atualmente, mas estamos analisando quando e como poderemos expandir da melhor forma possível a localização dos nossos jogos nos mercados em que trabalhamos, como a América Latina.

The Pokemon Company International

Para ler a nota completa, acesse o post do Switch Brasil.

A parte mais triste da resposta, é que vai completar 9 anos desde que a comunidade organiza grandes campanhas pedindo por tradução, sendo a primeira delas na época de Pokémon XY. Então a resposta deles, que diz se importar com os fãs locais, não dá esperança nenhuma de que eles vão atender ao pedido no próximo jogo. Na verdade, significa que ela não prestou atenção em 9 anos de campanha, e vai continuar empurrando a promessa pro futuro até sabe-se lá quando. “Tá meio em cima da hora pra eles adicionarem um idioma” é uma passada de pano de alguns fãs que não cola mais. Enquanto alguns fãs traduziram Legends Arceus em poucas semanas de graça, a dona da maior franquia de mídia do mundo parece estar ocupada demais contando dinheiro.

E desde já peço desculpas, não consigo escrever uma notícia dessas de forma neutra. Cansa.

Danilo Takagi

Desde criança gosto de tecnologia e jogos 2D. Conheci o anime de Pokémon em 1999, e os jogos um ano depois (versão Gold). Desde então amo Chikorita e outros pokémon tipo grass. Ajudo a Mythology desde a criação em 2004 e um ano depois comecei a ajudar a publicar notícias. Hoje sou webmaster ao lado do Robert.

Deixe um comentário